Tudo sobre a acupuntura

Saiba tudo sobre esse tipo de terapia corporal:

Acupuntura é uma invenção importante da nação chinesa com origem no período das comunidades das tribos da sociedade primitiva. Esta ciência surgiu na Idade da Pedra, há aproximadamente 5.000 anos. Nas literaturas antigas clássicas cita os primeiros instrumento de Acupuntura feitas em pedra Bian. Apesar de sua antiguidade, suas teorias e técnicas continuam válidas, atualizadas e em evolução, um campo aberto para as pesquisas nas diversas áreas do Tratamento. Muitas de suas teorias ainda não foram superados apesar do grande avanço tecnológico e científico.

emagrecer

A acupuntura, assim como outros recursos terapêuticos como a FITOTERAPIA CHINESA, TUI-NÁ, MOXABUSTÃO, VENTOSATERAPIA, ELETROTERAPIA, EXERCÍCIOS FÍSICOS compõem a Medicina Tradicional Chinesa. Cada um destes recursos desempenha um papel importante no curso de um tratamento.

Segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), a manifestação de uma doença decorre do desequilíbrio entre o YIN & YANG e as relações entre os CINCO ELEMENTOS (Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água), os quais correspondem respectivamente aos nossos órgãos vitais (Fígado, Coração, Baço, Pulmão e Rim).

O Diagnóstico na MTC baseia-se fundamentalmente na observação das alterações morfológicas e da coloração da língua, da palpação do pulso e do interrogatório dos sintomas. Feito o diagnóstico, é possível identificar e avaliar o órgão doente, propor um tratamento para equilibrar as funções fisiológicas e energéticas dos órgãos afetados.

O tratamento através da Acupuntura visa a estimulação de pontos através de agulhas especiais (filiformes), em aço inoxidável e descartável, nos 14 Meridianos principal do corpo, compreendendo um total de 361 pontos, porém são utilizados no máximo 10 pontos numa sessão selecionados de acordo com o diagnóstico.

É através da estimulação destes pontos dos Meridianos que conseguimos ter uma comunicação com o órgão afetado, estimulando-o de tal forma que possa melhorar e equilibrar suas funções fisiológicas e alcançando o nosso objetivo do tratamento.

O resultado do tratamento pode variar de acordo com a fase, doenças tratadas no início obtém respostas mais rápidas e doenças crônicas requerem um período maior de tratamento.

A acupuntura dói?

Não deve. Eventualmente podemos acertar um nervo superficial ou um ponto mais sensível da pele, causando dor. Uma leve sensação de dor sentida é considerada normal pela presença da sensibilidade da pele.

Como a Acupuntura age? É somente analgésico?

O mecanismo da acupuntura ainda não foi completamente elucidado. O estímulo de pontos tem ação sobre receptores do sistema nervoso (neurotransmissores e neuromediadores) os quais normalizam as funções alteradas.

A acupuntura é mais que um analgésico, além da ação anti-inflamatória, há melhora da dor assim como ele combate a causa da dor (estagnação do Qi, frio, umidade,….)

A acupuntura é capaz de estimular e interferir nas funções fisiológicas de TODOS os órgãos assim como estimular e circular o Qi (energia) e Xue (sangue) de TODAS as partes do corpo através dos Meridianos.

Mecanismo de Ação da Acupuntura

  • Altera a circulação sangüínea
  • Promove a liberação de hormônios
  • Aumenta a resistência corpórea
  • Regula e normaliza as funções orgânicas
  • Promove o metabolismo

Tratamentos com Acupuntura

Doenças Ósteo-musculares: cervicalgia, lombalgia, nervo ciático, fibromialgia, hérnia de disco, bursites, tendinites, artrites.

Doenças neurológicas: AVC, paralisia facial, nervo trigêmeo

Também auxiliam no tratamento para:

Parar De Fumar, Gastrite, Cefaléia, Nervosismo, Ansiedade, Estresse, Depressão, Menopausa, Diabetes, Hipertensão, Insônia, Impotência, Infertilidade, Distúrbios Menstruais, Constipação, Sinusite, Zumbido e Tontura.

Assim como na Estética: amenizar marcas de expressão (rugas), acnes, queda de cabelo, obesidade, envelhecimento precoce.

Vantagens e Desvantagens

  • Inúmeras possibilidades de Aplicação
  • Diminuição do uso de Medicamento
  • Segurança no tratamento
  • Método auxiliar de diagnóstico

Desvantagem: intolerância a agulha

Deixe o seu comentário!