Farinha, farelo ou flocos? Como deixar as receitas mais saudáveis usando os diferentes tipos de aveia

As pessoas empenhadas em manter um hábito de vida saudável agora têm mais um motivo para consumir a aveia. Muitos não sabem, mas o uso do cereal vai muito além do mingau ou do uso “polvilhado” sobre as frutas. Este “supergrão” pode ser encontrado em três diferentes formas, sendo como farinha, em flocos (finos ou regulares), ou até mesmo como farelo, o que possibilita o preparo de uma infinidade de receitas práticas e nutritivas, além de saborosas.

emagrecer

Um fato ainda pouco conhecido pelas pessoas é que o cereal oferece uma série de benefícios à saúde, como ajudar na redução do colesterol ruim, no aumento da saciedade, na redução do risco cardiovascular e no gerenciamento do peso. De acordo com Juliana Peccin, Gerente de Nutrição Regional da PepsiCo, outra curiosidade do supergrão está na sua superioridade nutricional em relação a cereais muito conhecidos, como quinoa e amaranto, já que possui maior quantidade proteínas, fibras, zinco, manganês e até mesmo tiamina, uma das vitaminas do complexo B.

Pelo fato de possuir uma textura muito fina, a farinha de aveia, que também é rica em minerais e fitoquímicos, pode substituir total ou parcialmente a farinha branca, que é menos nutritiva. Além disso, também pode ser utilizada como agente espessante para sopas e cremes, ou receitas mais elaboradas, como na massa e recheio de panquecas, em pães e até mesmo como complemento nutricional em pratos tradicionais, como o feijão, sem comprometer o sabor das receitas.

Já o Oat Bran, ou farelo de aveia, feito pela parte externa da casca, rica em fibras beta-glucanas, possui uma textura mais firme, dando crocância e textura aos alimentos e pode ser usado para empanados, milanesas e itens levados ao forno. Com alto teor nutricional, este ingrediente também costuma surpreender as pessoas no preparo de receitas como massas de tortas e biscoitos salgados.

Extremamente práticos, os flocos da aveia, por sua vez, são indicados para dar mais sabor a frutas e iogurtes ou consistência em preparos mais elaborados, como as overnight oats (sobremesa que combina iogurte, frutas e aveia), bolos, crumbles e em receitas salgadas, como um hambúrguer com aveia. Esta forma do cereal apresenta maior concentração de antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres produzidos no organismo, como as avenantramidas, existentes apenas neste cereal, que se aliam aos flavonoides e tocoferol do “supergrão” para ajudar a retardar o envelhecimento.

Conheça todos os principais benefícios obtidos com a inclusão da aveia na alimentação:

Para o bem estar – Densidade de nutrientes: O consumo diário de aminoácidos, como triptofano e metionina, é essencial, pois eles estão relacionados com a melhora do sono e humor. Esses aminoácidos não são produzidos pelo corpo, sendo necessário obtê-los através da alimentação. Ao contrário da maioria dos grãos, a aveia apresenta boa concentração desses nutrientes.

Contra radicais livres – Potencial Antioxidante: A aveia é o único cereal na natureza que contém avenantramidas, um antioxidante que ajuda a combater os radicais livres, auxiliando na desaceleração do envelhecimento precoce, contando também com função anti-inflamatória. O elemento age em conjunto com outros compostos fenólipos presentes na casca, como ácidos ferúlicos, caféicos e fíticos.

Para gerenciar o peso – Potencial de saciedade: Graças à grande quantidade de Beta-glucanas, sempre que ingerida, a aveia contribui para controlar a glicemia e proporciona uma sensação de saciedade maior do que outros cereais com menor teor de fibras solúveis, ajudando no controle do peso.

Para cuidar do coração – Potencial para reduzir o colesterol: Para a prevenção de doenças cardiovasculares, a FDA e a ANVISA recomendam uma dose diária de três gramas de fibra Beta-glucana, que podem ser obtidas com a ingestão de 40 gramas de aveia Oat Bran, o que equivale a aproximadamente quatro colheres de sopa. Essa alegação só está aprovada para a Beta-glucana presente na aveia, que apresenta grandes quantidades dessa fibra solúvel. A recomendação é baseada em pesquisas que apontam que essa fibra ajuda na redução da absorção do colesterol ruim pelo organismo.

Para se sentir mais leve – Potencial para auxiliar na função intestinal: Ingerindo duas colheres de sopa de aveia diariamente, as pessoas consomem o equivalente a 12% das fibras necessárias no dia. O hábito de consumir o supergrão, rico em fibras Beta-glucana, auxilia na função intestinal, proporcionando assim mais leveza e disposição para as tarefas do dia a dia.

Deixe o seu comentário!