A verdade sobre os alimentos zero açúcar e sem gordura trans

A maioria de nós já ouvimos falar que a quantidade de açúcar presente nos refrigerantes ou em biscoitos recheados é gigantesca. Em uma lata de refrigerante há uma média de 8 a 10 colheres cheias de açúcar refinado indo direto para a sua corrente sanguínea. Isso sem contar o sódio, corantes, cafeína etc, ou seja, valor nutricional é praticamente inexistente.

emagrecer

Já ouvimos falar também do novo vilão da vez: a gordura trans, que é um tipo de gordura vegetal hidrogenada e que está presente, basicamente, em tudo que é gostoso! #welovebesteirol Margarinas, sorvetes, chocolates, pães recheados, biscoitos, alimentos crocantes (batatas fritas, nuggets, croissants, tortas), bolos industrializados e alguns alimentos produzidos em redes de “fast-food”. Isso quer dizer que, ao comer um lanche numa rede de fast-food qualquer, você está ingerindo coisas que só fazem mal ao seu corpo e não nutrem, sem falar nas calorias.

Mas, de uns tempos para cá, alguns fabricantes inteligentes criaram os alimentos zero. Mas venho aqui informar que alimentos zero açúcar e zero gordura trans podem não ser uma escolha saudável. No caso dos refrigerantes: em todos eles o açúcar é substituído por adoçantes que causam mais mal do que o próprio açúcar, além do sódio. Ou seja, você bebe refrigerante zero, desidrata e ainda retém líquido, que te deixa inchado e aparamente mais gordo. Os zero gordura trans precisam também de cuidados: eles simplesmente substituem as gorduras trans pelas saturadas, deixando tudo a mesma coisa.

O ideal ao se ter uma alimentação saudável é excluir ao máximo os alimentos industrializados, optando pelos naturais. Quanto mais natural, melhor. Evite alimentos ricos em açúcar, sódio, adoçantes e gorduras em geral, desista de vez dos fast-foods e pratique atividade física.

Mas lembre-se: procure sempre um profissional para te ajudar. Nada de fazer tudo por conta própria!

Deixe o seu comentário!